Pespectivas revolucioárias

A preparação para o congresso se dá em meio uma crise estrutural do sistema capitalista.

O remédio da burguesia é a destruição das forças produtivas e a conquista de novos mercados.

Mas a burguesia tem que enfrentar o proletariado, diferente do passado que ela contava com os PCs e PSs que freavam o ímpeto revolucionário isso não é mais possível, pois os mesmos estão desacreditados, eles só têm votos porque o proletariado não quer a burguesia no poder.

O proletariado não vai conseguir resolver esse problema sem um partido internacional.

O capitalismo e mundial e afeta todos os países deforma diferente.

Todas as forças e energia dos governos estão voltadas para salvar o sistema capitalista.

Transformaram a divida capitalista em divida publica e depois dizem que tem que esfolar os trabalhadores pra paga a conta.

A democracia burguesa foi posta de lado com a nomeação de governos técnicos como:

· Papandreu por Papademos na Grécia.

· Berlusconi por Mário Monte no Itália.

Só a revolução socialista resolve o problema da sociedade!

Republica dos controles

Crises e crescimento económico

A crise aprofunda com a sangria que os governos sofrem com a especulação sem fim. A explicação pseudocientífica de que o sistema capitalista vive de crises e booms é o grito desesperado dos reformistas. A economia não cresce porque a lei da tendência da queda na taxa de lucro faz diminuir o lucro do capitalista ele pra compensar desse o chicote da exploração da mais valia, o trabalhador fica sem bases materiais pra fase girar a roda da economia fazendo disso um circulo vicioso.

Como chegou a crise atual?

Com a segunda guerra mundial há uma tremenda destruição das forças produtivas, os capitalistas se recuperam internacionalmente.

Vem à época dos trinta gloriosos (anos) onde o capital foi expropriado em todo o Leste Europeu, China, Vietnam e Cuba. O capitalismo só não foi derrotado porque ouve a traição estalinista e social democrata.

A partir dai começa um ataque se precedentes contra o proletariado, apropriação dos salários pagos indiretamente com os serviços públicos são privatizados.

Em resumo os capitalistas tentem criar um mundo virtual onde o mercado não tem limites.

Países atrasados, a dominação imperialista e o desenvolvimento desigual e combinado.

“O desenvolvimento desigual, que é a lei mais geral do processo histórico, não se revela em parte alguma, com a evidência e a complexidade com que o demonstra o destino dos países atrasados. Fustigados pelo chicote da necessidade material, os países atrasados veem a necessidade de avançar aos saltos. Dessa lei universal do desenvolvimento desigual deriva outra

“que, na falta de nome mais adequado, qualificaremos de lei do desenvolvimento combinado, aludindo à aproximação das distintas etapas do caminho e à combinação de distintas fases, à mistura de formas arcaicas e modernas” (Trotsky, História da Revolução Russa). Exemplo do desenvolvimento desigual:

· Revista Caros Amigos nº 178/ 2012

ü Os invisíveis da cadeia de ferro.

· Revista Caros Amigos nº 177/ 2011

ü Vale duplica ferrovias e multiplica violações no Maranhão e Pará.

Atualidade da luta pela revolução socialista.

“De todos os instrumentos de produção o maior poder produtivo é a própria classe revolucionária. A organização dos elementos revolucionários como classe supõe a existência de todas as forças produtivas que podem se engendrar no seio da velha sociedade”. (Miséria da Filosofia, cap. II, K. Marx, 1847).

Os reformistas tentam passar a ideia de um “pai emergente” candidato a imperialista, mas oque acontece é a ampliação da dominação do capital internacional sobre a economia brasileira com:

Modernização do latifúndio em agronegócio.

5ª economia do mundo onde no IDH é 84º.

16,27 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza.

Segundo o IBGE metade da população vive com R$375,00por mês.

Radiografia do Brasil e perspectivas.

Segundo o jornal burguês financial times e economia brasileira é como uma bicicleta fica em pé ate acabara a velocidade.

O real desvalorizou 40 % e as importações dobraram e as exportações cresceram 5%.

A expansão do credito faz as famílias se endividarem alcançando 53,3% da renda (ver gráfico).

A questão das dividas.

A divida externa brasileira esta mais de 389 bilhões longe de ser paga o governo Lula pago 15 bilhões e garganteia que pago a divida, quem esta mentindo o banco central ou o governo, mas não é a mesma coisa?

FHC deixou de herança para Lula a divida interna, em 2003 era de 1 trilhão de reais e o governo Lula multiplica a divida que vai para 2,3 trilhão. (ver mapa JLC 42 pagina 11)

O governo Dilma de austeridade.

A corrupção no estado burguês é endêmica sistêmica eu diria mais é uma metástase contaminando todos os níveis municipal, estadual e federal. Temos um exemplo bem perto no nosso município com o presidente da FUNDEMA.

E o governo Dilma não é diferente com a queda de 8 ministros em um ano fazendo com que a corrupção se torne banal, corriqueira com os aproveitadores dizendo que é um preço que se tem que pagar pra garantir a estabilidade.

A austeridade do governo Dilma é só para corte no investimento publico, chicoteando o lombo do trabalhador com:

· Congelamento do salário dos funcionários públicos.

· Plano Brasil maior, desonerando a folha de pagamento para no futuro destruir a previdência social que é uma das maiores conquistas dos trabalhadores.

· Exportação de commodities, causando a desindustrialização do país, pois usa produtos de base como minério de ferro e o agronegócio que causa desemprego e fome no campo levando batalhões de trabalhadores para a cidade.

· Dilma se omite nas questões sociais como a reforma agraria e questão urbana exe.: Pinherinho.

Para 2012 o arrocho continua:

· 10 bilhões de corte nos gastos publico para o superávit fiscal.

· Corte de 50 bilhões no orçamento federal.

· 90 bilhões em renuncia fiscal e financiamento empresarial através do plano Brasil maior.

· 5 bilhões para ajudar o plano de banda larga das Cias telefónicas.

· E grandes golpes estão por vir, vem ai a reforma da previdência.

Frente única e luta contra o oportunismo e o esquerdismo.

As leis históricas são mais fortes que os aspectos contrarrevolucionários. As greves de 2011 mostraram o perigo que a burguesia corre a nossa grave foi um exemplo claro da capacidade de mobilização dos trabalhadores.

As massas só ampliaram sua força e acreditaram em si mesmas a partir de uma série de lutas onde, por etapas sucessivas e às vezes de modo brusco puderam testar suas direções atuais e saltar adiante forjando novas direções.

Dado o caráter reformista dos dirigentes da CUT, não se vislumbra uma greve geral que iria mexer com toda a classe trabalhadora.

Nos condenamos a divisão de organizações de massas , sem deixar de apontar a responsabilidade da direção majoritária.

A esquerda marxista se constrói na luta abrindo perspectivas para a classe trabalhadora e a juventude.

A primeira fase de choque e crescimento das mobilizações passa pelo movimento sindical mesmo que no inicio só tenha um caráter econômico. Numa segunda fase vai se voltar para o caráter politico ao enfrentar o estado, o comitê central dos negócios da burguesia, segundo Engels.

A receita dos marxistas é “NENHUMA COLABORAÇÃO OU UNIÃO NACIONAL” ruptura com ao capital.

Luta de classe para enfrentar os inimigos da classe.

Não devemos nos esquecer do Lenin nos lembra “que o instintivo é exatamente o inconsciente (o espontâneo), em ajuda do qual devem correr os socialistas; que os “primeiros” meios de luta “que se lhe oferecem” serão sempre, na sociedade contemporânea, os meios sindicalistas de luta e a “primeira” ideologia, a ideologia burguesa (sindicalista).”.

Anúncios
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Olá, mundo!

Welcome to WordPress.com. After you read this, you should delete and write your own post, with a new title above. Or hit Add New on the left (of the admin dashboard) to start a fresh post.

Here are some suggestions for your first post.

  1. You can find new ideas for what to blog about by reading the Daily Post.
  2. Add PressThis to your browser. It creates a new blog post for you about any interesting  page you read on the web.
  3. Make some changes to this page, and then hit preview on the right. You can always preview any post or edit it before you share it to the world.
Publicado em Sem categoria | 1 Comentário